Falta de feijão pode elevar o preço do grão no início do próximo ano

Em entrevista ao programa Brasil Rural, da rádio EBC, o economista Argemiro Brum explica que, em pleno momento de plantio, em relação ao arroz, verificou-se que nos últimos dois meses os preços do grão recuaram 11,1%. O saco de 60kg fechou em R$ 54,5 no interior de São Paulo.

No Paraná, principal produtor de feijão, há redução nas áreas de lavouras do feijão, além disso, as lavouras semeadas em agosto foram atingidas pelo clima desfavorável com baixa luminosidade e frio. Segundo Argemiro, há uma tendência geral, que o mercado está começando a construir, de aumento no preço do grão para o próximo ano, tendo em vista a oferta menor e a falta de produto.

 

Fonte: EBC